ABC dos Caninos: Como proteger o seu cachorro no clima frio e seco

Como proteger o seu cachorro no clima frio e seco



Os cachorros e gatos podem sofrer em silêncio com a falta de chuvas e o clima frio, época que requer uma atenção especial de seus tutores. Segundo o Médico Veterinário Dr. Rafael Augusto Galesco, é comum a ocorrência de algumas doenças específicas.

“Em épocas em que a umidade do ar fica baixa, observamos uma maior casuística de enfermidades do sistema respiratório como bronquites, asma em felinos e traqueítes, principalmente em cães mais idosos e animais braquicefálicos como o buldogue e o pug.”

Problemas comuns em cachorros no inverno

“Esses problemas podem ser simples, como uma tosse, mas também podem chegar a uma pneumonia”, alerta o especialista. De acordo com o médico veterinário, alergias e problemas oftálmicos também podem ocorrer neste período e ele explica:

“Como os animais estão mais próximos ao solo do que os humanos, eles respiram uma maior quantidade de poeira e, por consequência, têm um maior ressecamento das vias áreas, assim como uma baixa na umidade.”
O ideal é que os donos de cães e gatos se atentem ao seu comportamento. “O proprietário pode perceber um desconforto na respiração, uma respiração ruidosa, aumento de espirros, tosse, maior lacrimejamento e, em alguns casos, a relutância aos exercícios”, revela Galesco.

Como proteger o seu cachorro no clima frio e seco

O veterinário conta ainda que algumas medidas podem ser tomadas para minimizar o sofrimento dos animais mediante ao clima atual. “Passear em áreas arborizadas e em horários alternativos, de pouco sol, usar umidificadores ou recipientes de água espalhados pela casa são uma boa alternativa. Em casos extremos, é indicado o uso de aparelhos de inalação direto no focinho.”

Fonte: Link Animal / Dr. Rafael Augusto Galesco
Foto: ABC dos Caninos
Página anterior Próxima página
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...